terça-feira, 13 de fevereiro de 2007

BLOCO VS SUBVERSÃO RIBEIRO VS COLAÇO



A POLÉMICA ACERCA DO BE SOBE DE TOM
Caro Colaço,
tu não sabes qual é o meu combate político nem quais são as minhas ligações internacionais. Apoio Chavez porque ele representa um foco concreto de resistência ao imperialismo (tal como Fidel em Cuba) e nada tem a ver com islamismos fanáticos. Se há alguém que se limita a fazer folclore é o Bloco que não tem a coragem (porque não é anti-capitalista) de assumir a ruptura com a democracia burguesa e aceita cargos e lugares executivos, o que contraria, por exemplo, as teses de Rosa Luxemburgo que vê os parlamentos apenas como um meio de fazer propaganda ou de difundir ideias, que é exactamente o que eu e os meus camaradas defendemos. Em suma, acho que o BE é uma formação social-democrata, reformista e eleitoralista, tacticista também, pois só se mete em certos movimentos sociais, pela certa, sem arriscar confrontos com as forças represivas (enquanto outros, sejam anarquistas ou esquerdistas o fazem, mesmo sendo poucos). Aliás, o Bloco tem uma organização muito débil (excepto, talvez, em Lisboa) e pouca influência nos movimentos sociais.
Daí, camarada, que não pretendendo ter-te como inimigo (desde que não haja insultos pessoais), te diga que, claramente, não estamos do mesmo lado da barricada.
Hasta siempre,
António Pedro Ribeiro.
From: Francisco Colaço Reply-To: DemocraciaExigente@yahoogrupos.com.brTo: DemocraciaExigente@yahoogrupos.com.brSubject: RE: [DemocraciaExigente] FW: BLOCO DE ESQUERDA-SALVATERRA-DISSIDENTES DO BLOCODate: Mon, 12 Feb 2007 23:30:37 +0000
Olha Pedro,
por muitas caracterizações correctas que possas ter é no combate político que se luta por elas e não em auto-proclamações.
Apoiar lula, claro que não, é um governo com características de "Frente Popular". Eles existem sempre com várias características. Chavez e Morales são outra variante do Frente Populismo, cujo único objectivo é (como o fez à época Péron, noutras circunstâncias) substituir-se às massas antes que sejam elas a tomar conta do seu próprio destino. Mais tarde ou mais cedo a traição será a toda a linha, e as massas não põem em causa o regime democrático-burguês até lá. Mas isto daria para uma tese de mestrado, o tema das políticas e do papel dos governos de frente popular.
Hasta Siempre
Francisco Colaço
From: "Pedro Ribeiro" Reply-To: DemocraciaExigente@yahoogrupos.com.brTo: DemocraciaExigente@yahoogrupos.com.brSubject: RE: [DemocraciaExigente] FW: BLOCO DE ESQUERDA-SALVATERRA-DISSIDENTES DO BLOCODate: Mon, 12 Feb 2007 21:27:50 +0000
Olha, Colaço,
quanto à patologia, patológica é a tua prima. Sou poeta, diseur e cantor, não preciso do Bloco nem de nenhum partido para me promover. Deixei de acreditar no Bloco como projecto, não por causa deste caso, mas sim pelo facto de o partido se ter convertido (e aí até a direita tem razão) numa espécie de agrupamento pseudo-messiânico, de detendores da moral e da virtude que não olham para o próprio quintal, como os sofistas da Grécia. Agrupamento esse que nada tem revolucionário, aceitando passivamente a democracia burguesia e não assumindo posições claras em relação aos movimentos revolucionários e às guerrilhas latino-americanas. Aliás, nunca vi o Bloco apoiar Chávez ou Morales, fazendo-o apenas em relação ao social-democrata Lula. Aliás, é isso que os bloquistas são- sociais-democratas. Não tem nada de guevaristas ou zapatistas, são um bando eleitoralista que, não tarda nada, se alia ao PS. Além do mais, como Nietzsche, estou para além do bem e do mal, não tenho que ser bem-comportadinho. Sou libertino e irresponsável, com todo o gosto, e amo sobretudo a LIBERDADE.
Cumprimentos,
António Pedro Ribeiro.
From: Francisco Colaço Reply-To: DemocraciaExigente@yahoogrupos.com.brTo: DemocraciaExigente@yahoogrupos.com.br, avante@mail.telepac.pt, m.aleixo@sapo.pt, alm_dino@hotmail.com, fernandoalvim@hotmail.com, ela.manu@mail.pt, zica5@mail.ptCC: be_braga@yahoogrupos.com.br, be_braga@yahoo.com, joaogdelgado@yahoo.com, OsDoninhos@gmail.com, pauloesperanca@netcabo.pt, bloco.org@telepac.pt, estelabelem@hotmail.com, mailinglist@rupturafer.org, ferreiraesilva@povoasemanario.pt, ahlf@megamail.pt, josejanela@sapo.pt, joanabelem@dn.ptSubject: RE: [DemocraciaExigente] FW: BLOCO DE ESQUERDA-SALVATERRA-DISSIDENTES DO BLOCODate: Mon, 12 Feb 2007 15:41:50 +0000
Esta pseudo rectórica auto proclamatória começa a enfadar e denota, em abono da verdade, alguma patologia, senão clínica, pelo menos política.
Fui inquirido na rádio Cartaxo sobre esta notícia e a resposta que dei, em jeito de opinião foi que se confirmar o estatuto de arguida que o BE deve tomar posição pela suspenção imediaqta do mandato, até se confirmar a acusação em tribunal e depois retirar-lhe a confiança política e pedir a demissão respectiva.
A realidade, e recebi uma nota de imprensa nesse sentido, foi que ninguém foi ainda constituido arguido. As acusações vêm de 2003 e anónima, embora a Ana Ribeiro suponha de quem vem.
Em Salvaterra toda a oposição se uniu para dificultar o trabalho da única câmara do Bloco de Esquerda. Tem feito um trabalho muito importante em prol dos munícipes.
Quando não temos nada que fazer, podiamos aproveitar para fazermos uma reflexão interior, e pensarmos um pouco no que dizemos e da forma como dizemos.
Um pouco de maturidade política e de bom senso só ajudaria a quem se diz admirador e seguidor do heróico Ernesto Guevara. Em vez de estares entristecido pelo facto, denota-se alegria, o que é estranho.
Sabes camarada, mal ou bem o BE é o espaço possivel para intervenção política a n´vel nacional na área da esquerda revolucionária. Com todos os defeitos que tem este projecto, que ao nível do funcionamento quer ao nível da democraticidade ainda é o mais válido no triste espectro político português. Um pouco de contacto com a realidade sociológica e socio-política não te faria mal. um pouco de responsabilidade política talvez te ajudassem também. A seriedade política dos nossos actos e das nossas posições são sinal indicador da credibilidade política que podemos merecer. Os problemas do nosso povo e dos trabalhadores resolvem-se com combate político, com lutas sociais, económicas e políticas. Nunca com pseudo manifestos auto-proclamatórios de pendor egocentrista.
Hasta Siempre
Francisco Colaço

2 comentários:

CÁ FICO disse...

concordo..
Em Portugal temos cinco partidos sociais democratas etodos eles vendidos ao capitalismo tal como Chaves lá na Venezuela...
Par além do capitralismo só existe o idilico paraiso que dizem ser no Iraque...

apedroribeiro disse...

Há cinco partidos sociais democratas, mas ainda há o MRPP e o POUS que são marxistas-leninistas. Quanto a Chavez, não concordo, representa um foco de resistência ao imperialismo, e depois ainda existem os zapatistas, os guevaristas, os trotskistas e os anarquistas. Um abraço.