sexta-feira, 4 de setembro de 2009

REVELAÇÃO


Os pais trazem-te as filhas
para que tu as fecundes
tanta coisa se diz de ti
nesta Terra
no palco e fora dele
até dizem, agora,
que és uma espécie de profeta
ou até o novo messias
-suprema blasfémia!-
e não estás com alucinações
todos percorrem os jornais
em busca da Boa Nova
dizem que curas os enfermos
e que amas as crianças
apesar de estares sempre a ler
os malditos
tudo corre
ao sabor da tua pena
como se fosses Deus
o próprio Deus
ou, quiçá, o Super-Homem.

E tu que, no fundo,
só queres a tua menina.

2 comentários:

ZMB disse...

Pedro, ofereço-te isto:
"
TENTEM RIR DO ABSURDO,por Claudio Mur
Existe algo que não pode ser dito...
Existe algo que só a poesia pode dizer...
Existe algo que só a loucura pode admitir...
Existe algo que leva as pessoas a ter medo de dizer...
Existe algo que pode levar as pessoas à loucura, à prisão...
Existe algo que só os loucos e a poesia podem admitir e dizer e querer dizer e querer explicar a verdade.
E que verdade é essa?
Procurem na poesia...
Procurem na loucura...
Procurem na música...
Procurem na cabeça radiotransmissora de Shostakovitch.
Procurem na elecricidade, no ether, na rádio, na tv e pensem no que poderá significar 'ILUMINADO'.
Quando descobrirem enviem relatório para este ateu esquizofrénico e para que se prove a existência de deus e 90% viva das esmolas!
"

apedroribeiro disse...

obrigado.